terça-feira, abril 10, 2012

Brinquedoteca - um dos Serviços da Educação Especial

Brinquedoteca


Estudantes da Rede Estadual, com necessidades específicas - deficiências, altas habilidades/superdotação e transtornos globais do desenvolvimento – têm disponível brinquedoteca para um atendimento educacional especializado.
A coordenadora de Educação Especial da SED, Vera Carbonari, diz que nas brinquedotecas são realizados trabalhos educacionais diferenciados com atividades lúdicas que contribuem no bom desenvolvimento pedagógico dos alunos com necessidades especiais. “Os estudantes têm aula no período normal e no contraturno vão para a brinquedoteca três vezes por semana, durante duas horas”, explica a coordenadora.
“Nas brinquedotecas os alunos têm a supervisão de professores brinquedistas, especialistas neste tipo de atividade, assim sem perceber os estudantes aprendem e trabalham as áreas onde têm mais dificuldades”, afirma Vera. Técnicos do Núcleo de Educação Especial (NUESP) fazem a verificação de quais estudantes podem ser encaminhados para as atividades educacionais das brinquedotecas.
Estas brinquedotecas têm o objetivo de promover o desenvolvimento integral do aluno, de sua criatividade, aprimoramento das habilidades, aprendizagem e de sua socialização, com atividades realizadas em ambiente próprio, utilizando recursos lúdicos, como brinquedos, jogos, brincadeiras, TV, DVD, livros, entre outros.
Em Dourados, a brinquedoteca funciona na Escola Estadual Castro Alves, a professora Cedúlia Paes   fez os primeiros atendimentos na brinquedoteca, ela é pedagoga, especialista em psicopedagogia e brinquedista.Permanecendo por dois anos, 2009 e 2010, atualmente quem está realizando os atendimentos é professora, pedagoga e brinquedista Valeria Lima leite.